Acesse nossas
redes sociais!

Você está em: Home > Eventos
Eventos

julho de 2017

EXPOSIÇÃO TÁTIL “LUPA” NO MEMORIAL DA INCLUSÃO ATÉ 29 DE JULHO

Na quinta-feira, 06 de julho, ocorreu no Memorial da Inclusão a abertura da exposição tátil “Lupa”, sob a coordenação da artista Lúcia Neto e curadoria de Hélio Schonmann. A mostra conta com seis esculturas táteis realizadas por um processo coletivo de criação, com a participação de pessoas com deficiência visual da UDJR (União dos Deficientes de Jundiaí e Região).


Uma das peças da exposição "Lupa"

A mostra propõe uma abordagem experimental, convidando o público a estabelecer um contato com as obras tridimensionais por meio do toque e do som (audiodescrição), permitindo que o público assuma uma posição inversa a que está acostumado.   
Curador da exposição “Lupa”, Hélio Schonmann, explicou o trabalho desenvolvido pelo projeto. “O Lupa é um projeto de longo prazo, que acontece desde 2014 e continua acontecendo. Estão sendo produzidos novos trabalhos, então não é aquele projeto que tem começo, meio e fim, com a finalidade muito específica de conseguir uma exposição ou um evento, o Lupa é um processo que envolve toda uma questão de interação com o meio”. Lupa, segundo o curador, tem por essência o sentido de expandir e ampliar.  

A mostra conta com duas peças de autoria da artista Lúcia Neto, também disponível ao toque, que estabelecem diálogos poéticos com as outras obras tridimensionais dos outros artistas da exposição. Lúcia Neto ressaltou a importância do trabalho desenvolvido com as obras tridimensionais. “A gente foi desenvolvendo esse projeto que começou com um desenho, mas os cegos falavam, principalmente aqueles que nunca viram, que não conseguiam entender o desenho e aí a gente descobriu essa forma deles poderem expressar de uma forma mais clara, associada com aquilo que eles sentem através de obras tridimensionais”. A artista concluiu: “eu digo para eles que a Lupa é aquela coisa de ampliar o universo deles tanto de dentro para fora quanto de fora para dentro”. 

A coordenadora do Memorial da Inclusão, Elza Ambrósio, destacou a importância do espaço dado pelo Memorial da Inclusão para os artistas. “Esse é um dos sentidos de a gente manter esse espaço aqui no Memorial da Inclusão para a gente receber os artistas, principalmente os artistas com alguma deficiência que não tem outros espaços”.

A exposição permanecerá no Memorial da Inclusão até 29 de julho e conta com os recursos de acessibilidade para as pessoas com deficiência. A entrada é gratuita.
 
SERVIÇO
Exposição “Lupa”
Data de visitas: 07 a 29 de julho, das 10h às 17h
Local: Memorial da Inclusão
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564 – Portão 10 – Barra Funda – São Paulo – SP - Próximo da Estação Palmeiras - Barra Funda do Metrô – CPTM
Entrada Franca
Perguntas Frequentes
Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo