Acesse nossas
redes sociais!

Você está em: Home > Eventos
Eventos

janeiro de 2018

GOVERNO DE SÃO PAULO ENTREGA PRÊMIO ÀS MELHORES EMPRESAS PARA TRABALHADORES COM DEFICIÊNCIA


O Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo de São Paulo, em 07 de dezembro de 2017, foi palco da entrega do 4º Prêmio Melhores Empresas para Trabalhadores com Deficiência. O objetivo principal do Prêmio é se tornar um instrumento adicional de apoio à inclusão profissional de trabalhadores com deficiência, com foco na qualidade deste processo, por meio da identificação, reconhecimento e premiação das boas práticas inclusivas utilizadas pelas empresas.
 
Na cerimônia de entrega, a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Dra. Linamara Rizzo Battistella, ressaltou a importância que o Governo do Estado de São Paulo dá para assuntos relacionados ao emprego. “Não há desenvolvimento, não há crescimento e não há paz, se todos não estiverem envolvidos na produção das riquezas da nação. Nada é mais cidadão do que participar da construção do país a partir do trabalho”.
 
Segundo Dra. Linamara, as ações em prol das pessoas com deficiência têm um impacto direto em toda a sociedade. “O que se faz para a pessoa com deficiência alcança todos os cidadãos, e essa é a magia, quando nós qualificamos um emprego para a pessoa com deficiência nós melhoramos a empregabilidade para todos”.

Os inscritos se dividem em quatro categorias: grandes empresas; micro, médias e pequenas empresas; empresas estrangeiras; e empreendedores com deficiência. Um dos critérios considerados para a premiação de 2017 foi a própria opinião e avaliação dos colaboradores com deficiência, por meio de questionário que permitiu que cada um expusesse sua experiência na empresa.
 
Neste ano, os vencedores na categoria “Empreendedores com Deficiência” foram, em terceiro lugar: Paulo Martins – Chaveiro Martins; em segundo lugar: Claudio Roberto Tavares – Deficiente Online; e, o vencedor de 2017, em primeiro lugar, Jéssica Pereira da Silva – Bellatucci Café. Jéssica tem síndrome de Down e é a sócia-proprietária do café.
 
Já a categoria “Empresas Estrangeiras” trouxe três vencedores: Panda Retail Company, como terceira colocada; Claro Chile, em segundo lugar; e a Shaw Trust Accessibility Services, como grande vencedora, em primeiro lugar.
 
Specialisterne Brasil foi a vencedora na categoria “Micro, Médias e Pequenas Empresas”, que traz em suas regras contemplar empresas com até 99 funcionários e visa promover a formação de pessoas com autismo em tecnologia da informação e habilidades sociais com vistas à sua inclusão profissional.

Na categoria “Grandes Empresas”, que abrange empresas com 100 ou mais funcionários, o terceiro lugar ficou com Senac São Paulo, que conta com um representante da inclusão em cada uma das unidades do Senac. Um funcionário da unidade assume e acumula com sua função principal o objetivo de ampliar e manter a inclusão de pessoas com deficiência. Atualmente, o grupo é formado por 60 representantes da inclusão.
 
Na mesma categoria, em segundo lugar ficaram empatadas as empresas McDonald’s e PwC Brasil. O McDonald’s conta com equipe de 46 profissionais dedicados exclusivamente ao processo de contratação e gestão de carreira dos trabalhadores com deficiência, que existe desde 2015. O efeito desse trabalho se refletiu no aumento da contratação: entre janeiro e agosto de 2017, foram contratadas 324 pessoas com deficiência, um aumento de 27% em relação ao ano anterior. Já a PwC Brasil realizou a contratação de 37 trainees com deficiência em 2017, incluídos em 10 escritórios da empresa, representando 11% do total de trainees contratados. O cargo é a principal porta de entrada das áreas técnicas de auditoria,  consultoria de negócios e consultoria tributária.
 
O primeiro lugar da categoria “Grandes Empresas” foi para Hewlett Packard Enterprise - HPE, pelo programa de diversidade e inclusão chamado “HP Able”. A empresa tem oferecido aos colaboradores com deficiência um ambiente livre de barreiras – objetivo alcançado em todas as suas unidades.
 
Além dos vencedores, três empresas foram destaque de boas práticas e receberam prêmio. A CHESF (Companhia Hidrelétrica do São Francisco, empresa do Grupo Eletrobras) foi a primeira empresa do grupo a instituir um Comitê de Acessibilidade e Inclusão, em julho de 2011. O Comitê atua dentro da corporação para equalizar as necessidades e demandas dos empregados com deficiência à política econômica e aos objetivos estratégicos da empresa.
 
Outro destaque ficou por conta da Electrolux, que emprega atualmente 330 colaboradores com algum tipo de deficiência em todo o Brasil, sendo que 90% são operadores que trabalham diretamente nas fábricas de Curitiba, São Carlos e Manaus. Já o programa de inclusão da CI&T Software foi um dos destaques pela preparação dos coaches (treinador) de pessoas com deficiência, que promovem as adaptações necessárias no processo de gestão e no ambiente de trabalho.

Saiba mais sobre o Prêmio Melhores Empresas para Trabalhadores com Deficiência: http://pmetcd.sedpcd.sp.gov.br/

CLIQUE AQUI PARA CONHECER AS MELHORES EMPRESAS FINALISTAS DE 2017

ACESSE O LIVRO DO PRÊMIO MELHORES EMPRESAS PARA TRABALHADORES COM DEFICIÊNCIA - 2017

Clique aqui para baixar o Guia para Empresas sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência

Acesse o Guia para Empresas no idioma inglês (Guide for business)

VEJA O VIDEO DA CERIMÔNIA DE ENTREGA DO PRÊMIO NO PALÁCIO DO GOVERNO DE SP

 
Perguntas Frequentes
Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo