Você está em: Home > Notícias > Últimas Notícias
Últimas Notícias

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Marília recebe Caravana da Inclusão e prefeito anuncia Cadastro-Inclusão, previsto na LBI
Na manhã desta sexta-feira, 06 de maio, o município de Marília recebeu a 7ª Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania, no bairro de Alto Cafezal. Realizada pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, em parceria com os municípios do interior do Estado, o encontro leva às regiões os temas Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (LBI) e Educação Inclusiva. Marília fica a 440 km da capital paulista e reuniu cerca de 130 profissionais e lideranças da cidade e região.



Foto: Mesa com Cid Torquato, ao centro de paletó escuro, e autoridades da cidade de Marília
 
Estiveram presentes na cerimônia de abertura da Caravana, Vinícius Almeida Camarinha, Prefeito do Município de Marília; Hélio Beneti, Secretário Municipal da Assistência e Desenvolvimento Social de Marília; Tereza Cristina Albieri Baraldi, Secretária Municipal da Juventude e Cidadania de Marília; Valquiria Gualfi, coordenadora de Políticas para Pessoas com Deficiência de Marilia, da mesma Secretaria; Celso Parolise, coordenador da AMEI – Associação Mariliense de Esportes Inclusivos, representando as entidades sociais; e Paulo Jorge de Oliveira Alves, diretor da DRADS - Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social de Marília, além de Cid Torquato, Secretário de Estado Adjunto da SEDPcD-SP, coordenador da Caravana da Inclusão. 


 
Foto: Mesa com Cid Torquato, de paletó escuro, e autoridades da cidade de Marília

Também participaram o advogado Tayon Soffner Berlanga - Conselheiro da OAB, representando Marcos da Costa, presidente da OAB do Estado de São Paulo. O presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB/Marília, Lucas Emanuel Ricci Dantas, que tem paralisia cerebral, é advogado atuante e autor do livro Políticas Públicas e Direitos – A Inclusão da Pessoa com Deficiência. Ele fez uma análise sobre a questão de materializarmos os direitos que estão assegurados por lei e em grande medida não são aplicados.

O delegado seccional de Marília, Wilson Carlos Frazão; e o Procurador Geral da República, Jefferson Aparecido Dias, representando o Ministério Público Federal, regional Marilia, também estiveram presentes, além da presidente do Conselho Estadual de Assuntos para Pessoas com Deficiência (CEAPcD), Maria Helena Mozena; Joaquim Bento Feijão, diretor de gestão escolar representando a Secretária Municipal da Educação; e Fernanda Mesquita Serva, Pró reitora de ações comunitárias da Universidade de Marília, representando as demais faculdades existentes em Marilia e região, entre outras autoridades.
 
O prefeito anunciou o lançamento do Cadastro-Inclusão em cumprimento à Lei Brasileira de Inclusão e destacou a importância da Caravana para o município de Marília. Ele ressaltou, ainda, que o modelo atual de divisão de recursos entre União e demais entes da Federação é desigual. “Sem mudança na divisão do orçamento, fica difícil para o município atender com a velocidade necessária a todas as demandas sociais que, cada vez mais, estão sob a nossa responsabilidade”, afirmou Camarinha.


Auditório lotado em Marília com participantes da Caravana da Inclusão
 
O representante da OAB/SP anunciou a criação de um Grupo de Trabalho na subseção da OAB em Marília e região para discutir a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência. Também foram apresentados vídeos sobre o Programa Moda Inclusiva e sobre os atletas paralímpicos da AMEI.
 
Aliás, o esporte é um dos pontos fortes da cidade. As atividades da AMEI impressionaram o Secretário Adjunto de Estado Cid Torquato, que destacou que a organização, sem fins lucrativos, oferece formação e treinamento para atletas desde a recreação e reabilitação, até o alto rendimento. “Marília é berço de campeões mundiais, paralímpicos, e também é referência em educação inclusiva”, afirma Torquato.


Cid Torquato, ao centro, com participantes da Caravana da Inclusão
 
Uma das atribuições da Caravana tem sido incentivar os gestores municipais a criarem uma Secretaria ou Coordenadoria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, como já o fez Marília e outros 150 Municípios paulistas, que se colocam à frente, em termos de políticas públicas inclusivas, dos Municípios que ainda não o fizeram. 

Para Tereza Cristina, a Secretária Municipal da Juventude e Cidadania de Marília, a Caravacna foi um marco para a sensibilização de profissionais que atuam com pessoas com deficiência. "A Caravana da Inclusão pode agregar às pessoas com deficiência de Marilia maior união em torno de seus interesses e direitos, permitindo a troca de experiências e das suas necessidades", afirma. Ela destaca, ainda, que a Caravana ofereceu a oportunidade de mais visibilidade à Secretaria Municipal da Juventude e Cidadania, que contém a Coordenadoria de Politicas para Pessoas com Deficiência. "Essa maior visibilidade facilitará a captação das demandas dessa população para oferecimento de políticas públicas por parte da Prefeitura", ressalta. 

A Caravana conta com o apoio e participação das Secretarias de Estado de Educação; Esporte e Lazer; Emprego e Relações do Trabalho; Desenvolvimento Social, Ministério Público do Estado de São Paulo, por intermédio da Promotoria de Justiça de Direitos Humanos; além da OAB/São Paulo.


O coordenador da Caravana, Cid torquato, à direita, com participantes e autoridades da Caravana da Inclusão
 
A próxima cidade a receber o encontro é Holambra, em 20 de maio. Conheça as cidades que a Caravana visitará:

- 01/abril - Cravinhos
- 15/abril - Caraguatatuba
- 06/maio - Marília

- 20/maio - Holambra
- 03/junho - Capão Bonito
- 10/junho - Rio Claro 
- 17/junho - Tietê
- 01/julho - Cachoeira Paulista


 
Mais sobre a Caravana da Inclusão: http://caravana.sedpcd.sp.gov.br
 
 

< anterior    próxima >

Perguntas Frequentes
Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo