Você está em: Home > Notícias > Últimas Notícias
Últimas Notícias

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Representante de Universidade da Austrália recebe informações sobre a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência
Na manhã desta segunda-feira, 18 de abril, Caroline Ellison, professora associada da Flinders University, da Austrália, visitou a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo para receber informações sobre a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência e sobre as políticas de reabilitação e saúde vinculadas ao Governo do Estado de São Paulo, pela Rede de Reabilitação Lucy Montoro. Ela estava acompanhada de Mr Lau Najari, gerente regional para relações com a América Latina, da Flinders University; e de Stephanie Oliveira, representante da universidade no Brasil para assuntos sobre Educação Internacional. 


Professora australiana recebe informações sobre a Lei Brasileira de Inclusão

A pessoa destacada a apresentar a Lei Brasileira de Inclusão foi a jornalista Maria Isabel da Silva, gestora da Assessoria de Comunicação Institucional da Secretaria e autora de dois livros sobre a LBI, “Estudo Comparado sobre a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência”, lançado em novembro de 2015, e “LBI na Prática, a Lei Brasileira de Inclusão na Vida Cotidiana das Pessoas com Deficiência”.
 
Da LBI, foi destacado o seu histórico, iniciado no ano 2000 como Estatuto da Pessoa com Deficiência e concluído em julho de 2015 como Lei Brasileira de Inclusão, inspirada na Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Também foram apresentados: o direito à dignidade ao longo de toda a vida; acessibilidade na Educação; acessibilidade nas edificações, baseada no Desenho Universal; direito ao trabalho, com destaque para o auxílio-inclusão para trabalhadores remunerados; Comunicação, Assistência Social e Penalidades sobre descumprimento da lei.



Sobre o Desenho Universal, Caroline ressaltou a importância de se pensar nas edificações e nas calçadas porque é bom para todos e não apenas para as pessoas com deficiência, mas às pessoas idosas, mães com bebês em carrinhos, entre outros que se beneficiam da arquitetura acessível.

A pessoa destacada para apresentar os serviços e estrutura da Rede de Reabilitação Lucy Montoro foi o coordenador da área de Cooperação Internacional e Apoio à Pesquisa e Gestão do Conhecimento do Instituto de Medicina Física e Reabilitação da Faculdade de Medicina da USP, Vinícius Delgado Ramos. Pioneira na área da reabilitação na América Latina, a Rede de Reabilitação Lucy Montoro realiza mais de 100 mil atendimentos por mês, em programas específicos de reabilitação, de acordo com as características de cada paciente. Os serviços são distribuídos em 16 unidades ativas no Estado de São Paulo.


Professora australiana recebe informações sobre a Rede de Reabilitação Lucy Montoro

Os tratamentos e atendimentos são realizados por equipe multidisciplinar, composta por profissionais especializados em reabilitação, como médicos fisiatras, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, educadores físicos e fonoaudiólogos.
 
A professora australiana falou sobre os cursos ministrados na Flinders University, com teorias baseadas na Convenção da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. O cursos são focados especificamente na pessoa, tirando o foco da deficiência, centrando as informações no protagonismo da pessoa com deficiência.


Visitantes de universidade australiana buscam intercâmbio com Brasil

Segundo a professora essa é a única Universidade na Austrália que conta com o curso de Bacharelado voltado à inclusão da pessoa com deficiência e assuntos do segmento. A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência se colocou à inteira disposição para parcerias futuras. 

 
 

< anterior    próxima >

Perguntas Frequentes
Governo do Estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo