Voltar para lista de notícias

Secretaria visita a Universidade Federal do ABC para debater ações em prol das pessoas com deficiência

Visita reforça a importância da atuação das universidades no desenvolvimento de políticas públicas e pesquisas sobre tecnologias assistivas

dezembro - 2023

Nesta quinta-feira (7), a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD), por meio do secretário de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcos da Costa, e do assessor especial, Ignácio Poveda, esteve no campus da Universidade Federal do ABC (UFABC) para estabelecer diálogo sobre um futuro protocolo de intenções com foco no desenvolvimento de políticas públicas e pesquisas em tecnologia assistiva em prol das pessoas com deficiência.

“É crucial unir esforços entre o setor público e as universidades para impulsionar estudos e pesquisas em tecnologia assistiva e políticas inclusivas. Essa parceria é fundamental para garantir que avancemos na promoção de soluções inovadoras e políticas eficazes, visando melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência”, destacou o secretário Marcos da Costa.

No encontro, além das autoridades da pasta estadual, estavam presentes o Reitor da UFABC, Dácio Roberto Matheus, e a Chefe de Gabinete do Reitor, Simone Pellizon.

O diálogo reforça a parceria com as universidades estaduais, que foi formalizada no mês de abril com este mesmo objetivo, entre a SEDPcD, a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e as três maiores universidades públicas do Estado: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Universidade Estadual Paulista (Unesp). Posteriormente, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) também aderiu ao acordo.

Juntos, os órgãos têm trabalhado para efetivar ações conjuntas que assegurem a implementação e gestão de políticas de acessibilidade às pessoas com deficiência, em especial com o desenvolvimento de tecnologias assistivas. Os protocolos prevêem a produção, sistematização e integração dos dados estatísticos sobre o universo dessas pessoas e o incentivo, fomento e produção de ciência, tecnologia e inovação voltadas para este público.

“Esta colaboração entre as universidades e a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência é um marco significativo. Estamos comprometidos em promover um ambiente inclusivo e inovador, capacitando estudantes e pesquisadores a desenvolverem soluções que impactem positivamente a vida das pessoas com deficiência. Essa parceria é o resultado do esforço conjunto em busca de uma sociedade mais acessível e igualitária para todos”, afirma o assessor especial da SEDPcD, Ignácio Poveda, que têm articulado as parcerias com as universidades.

Protocolo de intenções
Antes da formalização do protocolo de intenções, os representantes de cada órgão haviam formado, no mês de fevereiro, um Grupo de Trabalho para a troca de experiências e mapeamento de ações já realizadas em cada universidade e instituto de pesquisa relacionadas às pessoas com deficiência.

Com a formalização, que ocorreu no início do mês de abril em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes com a presença do governador Tarcísio de Freitas, os órgãos envolvidos começaram a trabalhar para efetivar ações conjuntas que assegurem a implementação e gestão de políticas de acessibilidade às pessoas com deficiência, em especial com o desenvolvimento de tecnologias assistivas.

O protocolo prevê a produção, sistematização e integração dos dados estatísticos sobre o universo dessas pessoas e o incentivo, fomento e produção de ciência, tecnologia e inovação voltadas para este público.