Voltar para lista de notícias

Governo de SP promove VI Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Evento promove debates de questões significativas para a inclusão ativa de pessoas com deficiência; propostas mais votadas serão levadas à Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência

março - 2024

fundo branco, nome do evento escrito em preto, abaixo ícones dos símbolos de acessibilidade nas cores amarelo, azul, roxo e rosa.O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD) e em parceria com o Conselho Estadual para Assuntos da Pessoa com Deficiência (CEADPcD), irá promover, de 11 a 13 de março, a VI Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, situado na capital paulista.

O evento reúne delegados de Conselhos Municipais que organizaram suas conferências locais para discutir e votar propostas relacionadas à formulação de políticas públicas de inclusão. Serão selecionadas 50 propostas, sendo 25 para consideração pelo estado de São Paulo e outras 25 que serão apresentadas na Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que irá ocorrer no mês de julho. Mais de mil propostas estão na agenda para serem votadas.

“Os representantes da sociedade civil e do poder público, em condições de igualdade de voto, estarão juntos com o mesmo propósito: oportunizar a visibilidade das políticas públicas e estimular o fortalecimento delas. Serão dias de muita conversa e muito trabalho, e nutrimos a convicção de que estamos trilhando rumo a um estado e uma nação mais igualitários e inclusivos”, afirma o secretário de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcos da Costa.

Além da definição das propostas, a Conferência também terá o papel de estabelecer quem serão os delegados que representarão o Estado de São Paulo na Conferência Nacional.

“A Conferência Estadual reflete nosso comprometimento com a construção de uma sociedade mais inclusiva e igualitária. Estamos juntos nessa jornada para fortalecer e dar visibilidade às políticas públicas que garantam os direitos das pessoas com deficiência”, alega Leticia Françoso, presidente do Conselho Estadual para Assuntos da Pessoa com Deficiência de São Paulo.