INSTITUCIONAL

Funções e competências: a Secretaria
O Governo de São Paulo instituiu a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a primeira do país, por meio da Lei nº 1.038, de 06 de março de 2008 e regulamentada pelo Decreto nº 52.841, de 27 de março de 2008, data em que iniciou suas atividades. A pasta atua em harmonia com as demais secretarias estaduais e promove ações efetivas e interlocuções ativas com os 645 municípios paulistas.

Missão, visão e valores
• Missão: garantir o acesso das pessoas com deficiência no Estado de São Paulo a todos os bens, produtos e serviços existentes na sociedade.
• Visão: ser referência internacional em articulação, implementação e monitoramento das políticas de inclusão social das pessoas com deficiência.
• Valores: foco em resultado (toda ação empreendida em nossa Secretaria deve conduzir a resultados práticos que melhorem a Qualidade de Vida da pessoa com deficiência), ética (para gerar bons resultados devemos respeitar todas as pessoas impactadas pelas decisões tomadas), protagonismo (temos que ser pioneiros e criativos em nossas ações para que as pessoas com deficiência exerçam o seu direito de escolha) e sinergia (as parcerias internas e externas viabilizam a pluralidade e agilidade necessárias para a tomada de decisão.

 

Clique aqui para acessar o organograma da Secretaria

Clique aqui para acessar a Carta de Serviços da Secretaria


Relação das autoridades

fotografia de Marcos da Costa sorrindo, ele é um homem branco com cabelos curtos grisalhos, usa camisa branca e blazer azul

Marcos da Costa,  secretário de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. É advogado e foi Presidente da OAB SP por duas gestões, 2013 a 2015 e 2016 a 2018.

Tem reconhecida dedicação às causas públicas e sociais, tendo sido membro do Conselho Estratégico da FIESP, da Consultoria Jurídica da Febraban, do Conselho Jurídico da Federação do Comércio de São Paulo e do Conselho Diretor da Associação Viva o Centro.

Na área acadêmica, é membro da Academia Paulista de Letras Jurídicas, da Academia Paulista de Direito. É Doutor Honoris Causa do Instituto Toledo de Ensino – Centro Universitário de Bauru, Professor Honorário das Faculdades Integradas de Jaú e Professor Emérito da Universidade Santa Cecília – Unisanta. Foi membro do Conselho Universitário da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC SP.

Promoveu, dentre outras iniciativas, a criação do ranking de acessibilidade das praias paulistas, atuou na negociação que levou à mudança da corrida São Silvestre para assegurar maior participação e a premiação das pessoas com deficiência e na promoção de diversas campanhas e eventos para dar visibilidade e respeito à causa das pessoas com deficiência.


Ana Paula é uma mulher de pele branca, cabelos loiros compridos e cacheados, ela está sentada atrás de mesa de trabalho

Ana Paula Nedavaska, secretária executiva de Estado do Direitos da Pessoa com Deficiência. Advogada formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e pós graduada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Com vasta experiência em diversas esferas governamentais, já atuou como Chefe de Gabinete na Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo em 2022, além de Coordenação Geral de Relações Institucionais e Chefe de Gabinete na Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência entre 2019 e 2022.

Entre 2017 e 2019, ocupou o cargo de Assessora de Gabinete na Secretaria Municipal de Desestatização e, antes disso, atuou como advogada de 1998 a 2015.


Alexandre Perroni é um homem branco usando óculos com armação preta, ele tem barba grisalha, ele veste blazer preto e camisa brancaAlexandre Perroni, chefe de gabinete. Advogado, Pós-Graduado em Direito Público, Ciências, Políticas e Gestão Pública, além de Interesses Difusos e Coletivos, foi Diretor Administrativo Financeiro da Fundação para o Desenvolvimento da Educação – FDE (de 2020 a início de 2023), da Companhia de Entrepostos e Armazenagens Gerais de São
Paulo – CEAGESP (2019), da Companhia Paulista de Obras e Serviços-CPOS (2018 – 2019).

Foi Chefe de Gabinete das Secretarias de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (2009 – 2015), Municipal de Segurança Urbana (2008 – 2009), Municipal de Trabalho da Cidade de São Paulo (2008).

Perroni também foi Corregedor Geral da Fundação Casa desde sua implantação, em 2003 até janeiro de 2007. Como corregedor, foi responsável pelos procedimentos de fiscalização do cumprimento dos princípios e das normas que norteiam a Administração Pública, especialmente os atinentes à legalidade, impessoalidade e moralidade.

À frente da Chefia de Gabinete da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, foi responsável pelo controle do modelo estratégico, estruturação da Pasta atuando também na gestão dos contratos e nos processos licitatórios.